Pasta/Processo BR RSTJRS RSTJRS 1G Porto Alegre PCRIM A18546989 - Processo Comum (Homicídio) (Preliminar)

Código de referência

BR RSTJRS RSTJRS 1G Porto Alegre PCRIM A18546989

Título

Processo Comum (Homicídio)

Data(s)

  • 1953-02-19 - 1978-11-28 (Produção)

Nível de descrição

Pasta/Processo

Dimensão e suporte

Gênero textual, 2 volumes, 470 folhas.

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Âmbito e conteúdo

Número: 2650
Resumo: Na denúncia, é relatado que, no pátio interno da Casa de Correção de POA, dia 23 de agosto de 1952, Washington de Moraes (vulgo "Paulistinha", que também usava os pseudônimos Hildegardo Antunes Ayres da Silva e Paulo Cavalcanti) alvejou o espanhol Manoel Aragon, mais conhecido como "Major Aragon", sem qualquer motivo aparente. Nessa ocasião, durante o banho de sol, o companheiro de cela do primeiro, Nelson Bassani (também utilizava o pseudônimo Carlos Alberto de Andrade), estava nas imediações. A vítima era conhecida por ter sido o suposto autor dos incêndios do Tribunal de Justiça (1949) e da Repartição Central de Polícia (1950). O próprio Washington teria fornecido às autoridades policiais de SP a pista para a resolução dos incêndios, implicando o "Major Aragon" como autor. Washington e Nelson eram considerados presos de alta periculosidade, contando com guarda permanente. Um dos integrantes da guarda, Leonardo Gonçalves Dias (vulgo "Preguiça"), teria colaborado com os acusados, recebendo dinheiro deles e entregando a Bassani um revólver calibre .32, com o qual Moraes atirou em Aragon. Ainda conforme a denúncia, Moraes teria confessado o crime em detalhes, explicando que a sua motivação seria uma "forte campanha de descrédito e perseguição dentro do presídio" movida pela vítima, resultado de um desejo de vingança. O processo tem um levantamento topográfico e fotográfico do local do crime, mostrando a disposição do cadáver em relação ao complexo da Casa de Correção. Também constam laudos periciais. Moraes foi condenado pelo homicídio do Major Aragon, e Bassani e Dias, por terem concorrido para o assassinato.

Avaliação, selecção e eliminação

Processo de guarda permanente por interesse histórico.

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

O processo foi reparado. Documento em boas condições, no geral. Alguns amassados e rasgos nas bordas.

Instrumentos de descrição

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Nota

O documento contém levantamento topográfico e fotografias da cena do crime, de análise forense e balística.

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso de género

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Zona da incorporação